Resenha Espírita
Brasília/DF - Brasil
Edição: Março/2008
Última atualização: 18/março/2008
Página Inicial

Joanna de Angelis
Vida Feliz,
psic. Divaldo Franco, ed. Leal


XLII

No tumulto que toma conta do mundo e das pessoas,
reserva-te alguns momentos de silêncio,
que se transformem em quietude interior.
A agitação, a balbúrdia, o falatório,
desarmonizam os centros emocionais do equilíbrio.
Cala mais do que fala.
Reflexiona antes de expender a tua opinião.
Ouve a zoada e alija-te do burburinho,
preservando-te em paz.
Este comportamento é salutar para todos os momentos da tua vida.

Santuário do Bom Jesus de Matosinhos - Congonhas/MG - © Adilson Rego

Joanna de Ângelis

Porque Queres






Emmanuel

Liberdade






André Luiz

No Templo
Entrevista com Dr. Vitor

A mediunidade é uma pré-disposição psicobiofísica inerente ao ser humano. É uma espécie de sentido mais apurado capaz de permitir ao indivíduo a possibilidade de comunicar-se com o mundo espiritual. Em princípio, a faculdade mediúnica, só deve colaborar para o bem estar da criatura diante das amplas possibilidades ofertadas no campo do bem. Todavia, assim como outros sentidos físicos, a mediunidade, que tem a sua expressão orgânica, pode se ressentir, desde que submetida a fatores agressivos internos ou externos.

Editorial Obras Básicas Outras Obras Matérias Entrevista Quadrinhos Links Arquivo

Fale conosco: resenha@resenhaespirita.com.br